IPO COIMBRA | WORKSHOP do Projeto Nacional de Auditoria Dosimétrica em IMRT

received_10211184704075428No passado sábado, dia 10 de março, realizou-se no IPO de Coimbra o workshop de arranque do “Projeto nacional de auditoria em IMRT”. Este é um projeto da Divisão de Física Médica da Sociedade Portuguesa de Física, em colaboração com a Agência Internacional de Energia Atómica (IAEA), apoiado pela Direção-Geral de Saúde e pelo National Liaison Officer da IAEA em Portugal.

Este projeto nacional tem o IPO de Coimbra como centro piloto e como coordenadora nacional a Doutora Maria do Carmo Lopes, diretora do Serviço de Física Médica do IPO de Coimbra. A auditora nacional será a mestre Tânia Santos, que realiza no âmbito deste projeto a sua tese de doutoramento em Engenharia Física pela FCTUC.

A tecnologia associada à radioterapia tem sofrido contínuos avanços e desenvolvimentos ao longo das últimas décadas. Novas técnicas de tratamento, tal como a radioterapia de intensidade modulada (IMRT) têm-se tornado comuns na maioria dos centros de radioterapia. A fim de garantir a qualidade dos protocolos, a IAEA desenvolveu um programa de auditoria dosimétrica com o objetivo de contribuir para a utilização otimizada das técnicas complexas de IMRT.

À semelhança do que aconteceu em 2011-2012 relativamente às técnicas de radioterapia 3D-Conformacional, a Divisão de Física Médica da SPF associou-se à IAEA e levará a cabo, no presente ano de 2018, a auditoria avançada em IMRT, em 19 dos 24 centros de radioterapia existentes presentemente em Portugal.

Tal como salientou o Presidente do Conselho de Administração do IPOC, Dr. Carlos Santos, na sessão de abertura do workshop do passado sábado (https://eventos.spf.pt/IMRTaudit2018/pt/), trata-se de um projeto da maior importância para o panorama da radioterapia em Portugal, uma vez que as técnicas avançadas como é a radioterapia de intensidade modulada (IMRT) se começam a generalizar também em Portugal.

received_10211184702195381