IPO COIMBRA | Barómetro de Internamentos Sociais

BIS_APDH.pngO Barómetro de Internamentos Sociais (BIS) é uma iniciativa da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares que conta com o apoio institucional do Ministério da Saúde e com o suporte técnico da EY e tecnológico da Microsoft, tendo como objetivo monitorizar periodicamente o fenómeno
dos internamentos sociais permitindo a sua quantificação e o desenvolvimento de ações conjuntas para minimização do seu impacto.

A 2.ª edição desta iniciativa decorreu a 19 de fevereiro e obteve uma participação de 74% dos hospitais do SNS entre os quais se encontra o IPO de Coimbra.

A apresentação pública dos resultados finais do BIS decorreu no passado dia 17 de março, em Viseu no decurso da “4.ª Conferência de VALOR APAH”. Os resultados finais estão disponíveis para consulta no site da APAH em suporte PowerBI (ver aqui os resultados do IPO de Coimbra).

Como principais conclusões à data da recolha de dados do BIS, a 19 de fevereiro destacam-se:

  • 6% dos doentes internados  encontravam-se em situação de inapropriação por motivos sociais.
  • A demora média de internamento inapropriados era de cerca de 67 dias.
  • Os episódios de internamentos inapropriados são predominantemente médicos e centrados nas faixas etárias mais elevadas.
  • Os principais motivos de inapropriação de internamentos centram-se na falta de resposta da rede de cuidados continuados e incapacidade de resposta do familiar/cuidador.
  • O impacto dos internamentos inapropriados à data do estudo é superior a 26 M€.
  • O impacto dos internamentos inapropriados à data do estudo extrapolados para todo o ano atingem perto de 100 M€.