Equipa de Apoio Psicossocial do IPO de Coimbra

Humaniza - 2019_03_11No início de 2018, a Fundação “la Caixa” lançou um concurso para constituição de Equipas de Apoio Psicossocial (EAPS’s) em Portugal. Esta iniciativa pretendia impulsionar projetos que fomentassem a vida independente, a autonomia e o bem-estar de pessoas que lidam diariamente com os desafios associados a uma doença crónica em fase avançada.

A atenção psicológica, social e espiritual a pessoas com doença avançada e seus cuidadores torna-se ainda mais pertinente quando consideramos fatores demográficos como o envelhecimento da população e fatores técnico-científicos como os avanços da medicina, o que resulta no aumento do número de pessoas que vivem com as exigências de uma doença crónica durante vários anos. Reconhecendo esta realidade, o Programa, que tem o aval da Organização Mundial de Saúde (OMS), propõe uma abordagem integral a pessoas com doenças em fase avançada e seus cuidadores e, assim, impulsiona novas formas de atuação no âmbito dos cuidados paliativos.

Em Portugal foram aprovados 10 projectos apresentados por entidades com reconhecida experiência na prestação de cuidados de saúde, entre elas o Instituto Português de Oncologia de Coimbra.

A EAPS do IPO Coimbra tem por missão a prestação de cuidados psicossociais a pessoas e cuidadores confrontados com doença oncológica em fase avançada, prolongando-se a intervenção na fase de luto. A atividade assistencial é guiada por princípios de equidade, excelência, humanização, afirmação da vida e defesa da sua qualidade ao longo de todas as fases da doença e trabalho multidisciplinar.

Até ao momento a Equipa já atendeu 224 utentes com doença em fase avançada, 201 familiares e 12 cuidadores no contexto de apoio a processo de luto.

Ao longo dos próximos meses, a Equipa manterá a sua atividade, procurando enriquecer os cuidados psicológicos e sociais que já são prestados no IPO Coimbra.

Humaniza_Header

Humaniza - 2019_03_11