Grupo Multidisciplinar de Digestivo

ipo_2015_05_27.jpg

Médico Coordenador: Nuno Bonito

Serviços envolvidos: Cirurgia Geral, Oncologia Médica, Radioterapia, Gastroenterologia, Imagiologia e Anatomia Patológica.

 

O cancro colo-retal (CRC) é a 2ª neoplasia maligna mais frequente sendo o fígado o local de metastização preferencial. Cerca de 25% dos doentes com cancro colo-retal metastizado apresentam metástases hepáticas síncronas ao diagnóstico e cerca de 50 – 75% irão recidivar a nível hepático nos primeiros 3 anos após cirurgia ao tumor primário.

10-20% dos doentes apresentam metastização hepática (síncrona/metácrona) ressecável beneficiando de estratégia cirúrgica, com potencial curativo, sabendo-se que a sobrevivência aos 5 anos dos doentes, com ressecção de metástases, ronda os 25-50%.

O grupo multidisciplinar de digestivo do Instituto Português de Oncologia de Coimbra conta neste momento com uma reunião específica para a discussão destes casos, com a presença de: cirurgiões hepáticos (Dr. Emanuel Furtado, Dr. Henrique Ferrão, Dr. Rui Martins), imagiologistas (Dr. Paulo Gil Agostinho, Dr. Idílio Gomes), gastrenterologistas, oncologistas médicos e radioncologistas.

Também no campo das terapêuticas loco-regionais para controlo de metástases hepáticas, o Instituto Português de Oncologia de Coimbra tem vindo a ganhar autonomia, dispondo neste momento de técnicas como a termoablação por micro-ondas (Dr. Paulo Gil Agostinho, Dr. Idílio Gomes) e de radioterapia estereotáxica (SBRT), sob a responsabilidade dos radioncologistas do Serviço de Radioterapia deste instituto.